terça-feira, 5 de setembro de 2017

É pensamento comum que a Igreja é "Santa porque é fundada em Cristo,  e pecadora porque é formada por homens".
Contudo, diz o Catecismo:
 "827. A Igreja «é santa, não obstante compreender no seu seio pecadores, porque ela não possui em si outra vida senão a da graça: é vivendo da sua vida que os seus membros se santificam; e é subtraindo-se à sua vida que eles caem em pecado e nas desordens que impedem a irradiação da sua santidade. É por isso que ela sofre e faz penitência por estas faltas, tendo o poder de curar delas os seus filhos, pelo Sangue de Cristo e pelo dom do Espírito Santo»".
 Mas a Igreja não é o Corpo de Cristo? Nós não somos membros desse Corpo?
Sim e sim.

Nós, membros da Igreja, não somos pecadores? Então a Igreja não é pecadora?
Sim e não!

O pecado dos membros não atinge a alma da Igreja, que é Cristo. Um membro defeituoso não torna a pessoa inteira defeituosa.
Ademais, a Igreja não é formada por homens. É o Corpo místico de Cristo.
Uma pessoa que perca todos os seus membros, deixa de ser pessoa? Não! A pessoa é mais que membros. Por isso dizemos que um embrião, ou um zigoto humano, de uma só célula, já é pessoa, pois já possui alma.
Não são as pessoas que fazem a Igreja, mas é Cristo. As pessoas juntam-se ao Corpo de Cristo, que já está lá, perfeito e imaculado. Se as pessoas não se incorporam à Igreja, ou se ela resta apenas com uma pessoa, ou mesmo nenhuma, nesta terra, ainda é a Igreja, e ainda é toda santa.
O pecado dos homens não afeta a santidade da Igreja, apenas a encobre aos olhos do mundo.
http://www.cursoscatolicos.com.br/
*****
Curso Teológico Pastoral Completo
www.cursoscatolicos.com.br

Categoria: ,

2 comentários :

  1. Costumo acompanhar essas publicações. O texto está excelente. Agora, no meu entendimento, faltou alguma coisa quando se lê: "Ademais, a Igreja não é formada por homens". Haja vista que, no início do texto se lê:[É pensamento comum que a Igreja é "Santa porque é fundada em Cristo, e pecadora porque é formada por homens"]. Um grande abraço Márcio, parabéns pelo texto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, José Francisco. O objetivo foi contrapor a frase inicial. Embora seja pensamento comum que a Igreja é formada por homens, não é bem assim, como vimos no texto.

      Excluir

Related Posts